Páginas

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Feliz 2011

Os melhores momentos da vida de uma pessoa, por mais simples que sejam, são aqueles em que a gente está com quem a gente realmente gosta, sejam eles nossos amigos, nossa família ou outra pessoa especial.. e desses momentos você pode ter certeza: a gente NUNCA esquece!



Muito Muito Obrigada a todas as pessoas  qe estiveram comiigo neste ano !  Aos meus amigos, familiares e, é claaro, a todos que acompanharam o blog !  Assim, lhes desejo um 2011 repleto de felicidades e realizações !  E, espero que continuem comigo por muito, muito mais tempo *-* 




terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Querida Agonia,

Deixe-me ir...
Sofrer e morrer lentamente?
Não tem que ser assim...

Tenho quebrado meus conceitos
Tenho sofrido o que prometi não sofrer
Tenho ignorado a tudo o que conquistei
Dando valor, somente, ao que não me pertence mais
Mas como tirá-lo de mim?
Cada música que escuto, me lembra nós dois
Cada voz, cada cheiro, cada lugar...

Querida Agonia,
Apague tais memórias
E deixe-me ir...

Desisto de lutar contra isso
E desisto de tentar novamente
Desisto de tentar chamar atenção
De ganhar um simples "oi"
Ou até mesmo de roubá-lo um sorriso
Agora, só quero fazer isso parar de doer...

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

De acordo com a mitologia grega,

os seres humanos foram criados originalmente com quatro pernas, quatro braços e com duas faces. Temendo o seu poder, Zeus os separou, condenando-os a gastar suas vidas em busca de sua outra metade.

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010



Somos separados daqueles que amamos, e enfrentar essa dor nos torna ainda mais fortes. (Cavaleiros do Zodíaco)

domingo, 19 de dezembro de 2010

Absurdo seria entender o amor

Mesmo se quisesse tentar
Você nunca iria entender
Porque tantas vezes eu chorei...
Talvez seja absurdo pedir que você entenda...
Realmente, absurdo seria entender o amor...
Mas tudo a meu redor me leva a você
Tudo me faz lembrar e te querer...
Às vezes, até me sinto mais tua do que minha...
Queria te dizer o que significas pra mim
Mas palavras não seriam necessárias...
Isso é mostrado enquanto vivo e respiro

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

As pessoas vão e voltam,

vão e voltam, vão e voltam...
Mas, em algum momento, elas não voltarão...
Em algum momento, elas cansarão desse vai e volta...
Em algum momento, eu cansarei...
E, quando você me encontrar por aí, novamente
Vai ver que eu já não fico trêmula por te ver
E eu vou sorrir e te dar, naturalmente, aquele "oi" que você sempre recusou ouvir
Vai sentir que eu já não me importo com o que você vivia falando
Com o que você vivia fazendo
Vai sentir vontade de falar comigo, de novo, aquelas coisas banais que estavam tão presentes nos nossos dias
Mas não estarei lá...
Dessa vez, quem vai estar sem tempo pra conversas sou eu...
Vou continuar sendo eu mesma
Mas diferente daquela que passou noites chorando por você...
E, quando esse dia realmente chegar,
Nada mais me importará,
Eu vou seguir em frente
E que seu amor descanse em paz

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

O Amor Ainda Sobrevive Em Nós...

Sempre me dizem que essa dor é passageira
Sempre me dizem que essa é só mais uma dor e que logo passa
Mas não é simples assim
A verdade é que a dor até pode passar,
Mas a cicatriz continuará ali
Firme e forte, sempre relembrando que o passado é real
Sempre relembrando todas as coisas que foram ditas e feitas

Caminho sozinha, mas sempre com o pensamento fixado em você
Me sinto quente por fora, mas totalmente fria por dentro
Sinto que me falta algo...
E sei que, isso que me falta, é a sua presença...
Seu abraço...
Aquele abraço que sempre me aconchegou, que sempre me protegeu, que sempre me acalmou
Eu sempre te falei como é bom abraçar você
Não é fácil explicar...

Mas naquele fim de tarde de sábado,
Quando seu olhar cruzou o meu
E você fingiu não se importar
Eu percebi que o que você sentia
Não morreu totalmente *-*

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Tudo me Leva a Você

Sentada na calçada, olhando as pessoas passarem, me sinto sozinha novamente... Meu coração aperta, minha mente me trai e leva meus pensamentos até você... Novamente...  As coisas parecem melhorar, mas, em qualquer movimento, em qualquer pessoa que passa, em qualquer olhar, qualquer voz, qualquer estilo ou perfume, é  você que eu vejo... Tudo me leva a você... E se isso não é amor, eu não sei mais o que é... Se isso não é amor, me diga, então, qual a sua definição de amor!