Páginas

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Segundos,

minutos, horas e dias se passam
E o seu silêncio ainda me assombra..
Um grande ponto de interrogação paira sobre mim
E, quando o tento esquecer,
algo me faaz lembrá-lo novamente..
Nada pode ser maior do que essas dúvidas persistentes
Nada poderia machucar mais que o seu silêncio
Nem mesmo as mentiras tolas que contou naquela noite..

Você pode tentar fugir
Mas o seu passado sempre andará lado a lado
E, quando menos esperar, ele estará ali
Pronto para confudir seu presente..
E, nesse dia,
Você lembrará de mim..
De mim e de todas a besteiras que você disse só para tentar me afastar !

3 comentários:

  1. Adorei o poema! O amor é realmente algo complicado, não?

    Bjinhos!

    http://literaturaegostosuras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. NOSSA!! MUITO BOM, TE DIGO UMA COISA,,,, FAÇA UM LIVRO, MINHA AMIGA FEZ ISSO, PARABENS VIU

    ResponderExcluir